Programa 02 de setembro 1998

Tecnologia que salva vidas

Retorno ao Rio Antigo


Hiper News

Destaque

Broadcast&Cable

VISORAMA: Um aparelho recria tempo e espaço

Browser lusitano

Visorama: Um aparelho recria tempo e espaço

Através de uma espécie de binóculo, será possível ver o Rio de Janeiro, do começo do século... Numa combinação entre a técnica do Panorama, criada em 1787, e a informática, pesquisadores da UFRJ e cientistas da computação do IMPA, Instituto de Matemática Pura e Aplicada, começaram a desenvolver o projeto Visorama há 3 anos. Com o equipamento e com programas de visão computacional é possível fazer deslocamentos no espaço e no tempo. O Visorama fica conectado a um Pentium II, de 300 mhz, com 2 dual processors. são 128 megabites de memória principal e 2 discos de 4 giga. A placa gráfica é especial: acelerada para textura - fire gl 4000 - modelo top de linha, a melhor para PC. Através de cilindros, que são os encolders, ou sensores, é possível ter a precisão desejada. Estão previstas 2000 mil posições ao longo dos 360 de ângulo. O sinal é enviado para uma caixa que funciona como circuito eletrônico. Os dados são transmitidos para o computador. O sinal da placa gráfica é recebido por um replicador de vídeo. Na tela do micro o show de imagens. Com o programa "stitcher", desenvolvido pelos cientistas da computação do próprio IMPA, a montagem das imagens fica perfeita. Elas foram fotografadas de diversos ângulos. É o software que fez todo o trabalho de montagem. O resultado é a imagem em movimento. O binóculo é usado para que o usuário tenha a sensação de que ele está participando da ação. A tecnologia da imagem está criando recursos que modificam a linguagem cinematográfica.